Entregas Expresso 24h a 48h | Loja de Leiria aberta em horário normal | Portes de envio desde 2.99€

O cabo da Apple Lightning fez 10 anos, o que se espera agora desta porta?

Escrito em 01 de setembro de 2022

O cabo da Apple Lightning fez 10 anos, o que se espera agora desta porta?

Em Setembro de 2012, a Apple introduziu o iPhone 5 - este era maior, mais rápido e mais potente do que o seu antecessor, no entanto, a mudança mais revolucionária talvez tenha sido a forma como este se carrega. No palco, no momento quando se estava para introduzir o novo telefone, o antigo chefe de marketing da Apple, Phil Schiller, anunciou que a empresa estava a mudar do conector de 30 pinos que tinha estado em cada iPhone que se usava até então para uma pequena nova porta chamada Lightning. Este cabo parecia ser tudo o que o seu predecessor e concorrentes não eram: rápido, compacto, e robusto. Schiller chamou-lhe de "um conector moderno para a década seguinte".

 

Avançamos rapidamente até 2022, e o conector durou uma década, como Schiller prometeu. E hoje em dia, cada iPhone ainda vem com um cabo Lightning, e o cabo continua a ser um método fiável para carregar dispositivos e para ligar a acessórios e carros. Mas à medida que a Lightning se aproxima do seu 10º aniversário, muitos clientes estão prontos para que a Apple siga em frente e que introduza uma mudança radical na forma como carregam os seus telefones. Não porque o Lightning está desatualizado, mas sim porque um outro cabo o ultrapassou numa única área chave - a conveniência.

 

 

E agora em 2022, a maioria dos nossos dispositivos usa uma porta compacta e versátil para o carregamento e transferência de dados - e não é a porta Lightning. O USB-C está em basicamente todo o lado, desde dos telefones Android, até aos vários gadgets como GoPros e consolas. Até a Apple o utiliza como o conector para todos os seus MacBooks e para quase todos os seus iPads.

 

Hoje em dia, são muito poucos os dispositivos que continuam a utilizar a porta Lightning. Ainda existem nos iPhones, num modelo de iPad (por agora), e em alguns acessórios, tais como o Magic Mouse da Apple, Magic Keyboard, e nos AirPods. Isso significa que se possuir um iPad Air e um iPhone, ou um MacBook e um Magic Mouse, ou um portátil Windows e um par de AirPods, necessitará de pelo menos dois carregadores separados para os alimentar.

 

Infelizmente, é muito improvável que a Apple esteja a planear introduzir o USB-C na linha dos iPhones com o próximo iPhone 14. Mas é possivel que a Apple se veja obrigada a livrar-se do cabo Lightning nos telefones mais cedo do que mais tarde. Isto porque a União Europeia está em vias de fazer do USB-C o padrão de carregamento legalmente obrigatório para telefones

 

Seja o que o futuro tenha reservado para os próximos iPhones, não te preocupes, porque a FixMobile continuará a prover soluções para os teus problemas 😉


×